15 de abr de 2013

Hideo Kojima não quer mais "limitar os jogos a uma única plataforma"



Em 2005, Hideo Kojima anunciou a produção de Metal Gear Solid 4 em um evento pré-E3 da Sony. Na época, não foi mostrado nada do gameplay, mas já havia a confirmação de que o jogo seria exclusivo para o PlayStation 3, que seria lançado no ano seguinte. Já MGS 4 saiu só em 2008.

Agora os tempos são outros. Kojima viu seu mais recente projeto, Metal Gear Rising: Revengeance - que foi desenvolvido pela Platinum Games e supervisionado por Kojima, sair para PS3 e Xbox 360, além das coletâneas em alta definição das séries Metal Gear (com MGS 2, 3 e Peace Walker) e Zone of the Enders. E seu próximo jogo, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, também será multiplataforma. E todos os próximos devem ser assim.

Para esclarecer o futuro dos games produzidos por Kojima, a Edge Magazine perguntou se o desenvolvedor voltaria a fazer jogos exclusivos para algum PlayStation. Confira abaixo a resposta dele:

"É uma pergunta difícil de responder. Obviamente eu gosto da Sony, os respeito e tenho várias coisas em comum com o pensamento deles. Acho que o futuro dos games está nas tecnologias de nuvem. Amo a Sony, tenho uma câmera deles, mas penso que se você vai entrar na geração de games na nuvem, há uma série de dispositivos envolvidos e formas diferentes de interação com o universo do jogo. Não quero limitar isso a apenas uma plataforma, mas não significa que não participarei dos eventos.  Na época da apresentação do PS4 (PlayStation Meeting) eu não compareci porque estava em turnê mundo afora apresentando MGS Rising".

Nenhum comentário: